Posts Tagged ‘edublog’

h1

Museublog

29 setembro 2008

Você já pensou em construir um museublog?
Meu primeiro museublog terá como tema a tecnologia.
Não sabe como fazer um museublog? Eu pensei nele assim:

Tema abordado: Organização da memória da comunidade escolar a respeito do seu envolvimento com o desenvolvimento tecnológico e cultural.

Nível: 2º Segmento do Ensino Fundamental e Médio

Área/disciplina: interdisciplinar

Abordagem: Criaremos um Museu Vivo, no formato edublog colaborativo, com o propósito de construir conhecimentos sobre desenvolvimento tecnológico e cultural, buscando entender como a tecnologia nos afeta diretamente. Para isso contaremos com a participação de alunos, pais e professores registrando seus conhecimentos experiências com tecnologia.

Justificativa:
Enquanto a escola tem como tarefa instruir e educar, os museus recolhem, conservam, estudam e expõe. Esta perspectiva, apresentada por Allard et all (1996) converge com as idéias de Fernando Hernandez a respeito do desenvolvimento de projetos de trabalho. Para este, os projetos são desenvolvidos a partir do interesse dos alunos; tem seus objetos de estudo investigados a partir da coleta de material para estudo (“armazenando” em portfólios), compartilhamento e divulgação ao coletivo participante.
Entendemos que o blog, como ambiente virtual colaborativo, representa um espaço de grande valor para o desenvolvimento da cultura digital no contexto escolar. É importante esclarecer que, embora o trabalho tenha como foco os alunos ele traz, subjacente, a intenção de envolver toda a comunidade escolar construindo cultura informática “para uso interno e externo”.

Uso do blog em sala de aula. Roteiro.
Para este projeto contaremos com a participação inicial das professoras de Língua Portuguesa, Inglês e Informática Educativa. Os três professores de diferentes disciplinas lançarão a proposta de observação dos objetos utilizados em sala pelos alunos e que servem para construir conhecimento na sua disciplina.

Neste blog os alunos farão suas postagens livremente. Os participantes farão sua colaboração através do registro de sua observação e também da sua memória. Assim podemos compartilhar este conhecimento com os sujeitos que estão fisicamente dentro da escola (alunos e professores) com os que estão fora (pais).
Os pais poderão fazer comentários sobre os recursos de tecnologia a partir da sua memória como estudantes.
Periodicamente o professor de cada uma das disciplinas lança uma provocação a respeito daquele objeto tecnológico no contexto da sua área de conhecimento, ou mais especificamente, da sua disciplina.

Certamente os professores de História e Geografia logo, logo poderão participar ajudando a contextualizar histórica e socialmente tais objetos.
O mesmo é esperado do professor de matemática, ao indicar quais conhecimentos numéricos eram/são necessários à produção de cada um dos objetos. Muitos “problemas” matemáticos poderão ser construídos a partir dos conhecimentos registrados no blog.

À medida que professores de mais disciplinas acessem o blog, contribuam na produção e façam uso do seu conteúdo, será possível desenvolver no processo de avaliação de suas disciplinas a integração das linguagens da cada área de conhecimento com a memória registrada e significativamente representada. Não só nas respostas às provocações dos professores, feitas diretamente no blog, como na relação do seu conteúdo publicado e o conteúdo curricular desenvolvido em sala de aula.

Entenda de outro jeito:
http://www.slideshare.net/andreacastro/usando-o-blog-na-sala-de-aula-presentation