Archive for setembro \29\UTC 2008

h1

Museublog

29 setembro 2008

Você já pensou em construir um museublog?
Meu primeiro museublog terá como tema a tecnologia.
Não sabe como fazer um museublog? Eu pensei nele assim:

Tema abordado: Organização da memória da comunidade escolar a respeito do seu envolvimento com o desenvolvimento tecnológico e cultural.

Nível: 2º Segmento do Ensino Fundamental e Médio

Área/disciplina: interdisciplinar

Abordagem: Criaremos um Museu Vivo, no formato edublog colaborativo, com o propósito de construir conhecimentos sobre desenvolvimento tecnológico e cultural, buscando entender como a tecnologia nos afeta diretamente. Para isso contaremos com a participação de alunos, pais e professores registrando seus conhecimentos experiências com tecnologia.

Justificativa:
Enquanto a escola tem como tarefa instruir e educar, os museus recolhem, conservam, estudam e expõe. Esta perspectiva, apresentada por Allard et all (1996) converge com as idéias de Fernando Hernandez a respeito do desenvolvimento de projetos de trabalho. Para este, os projetos são desenvolvidos a partir do interesse dos alunos; tem seus objetos de estudo investigados a partir da coleta de material para estudo (“armazenando” em portfólios), compartilhamento e divulgação ao coletivo participante.
Entendemos que o blog, como ambiente virtual colaborativo, representa um espaço de grande valor para o desenvolvimento da cultura digital no contexto escolar. É importante esclarecer que, embora o trabalho tenha como foco os alunos ele traz, subjacente, a intenção de envolver toda a comunidade escolar construindo cultura informática “para uso interno e externo”.

Uso do blog em sala de aula. Roteiro.
Para este projeto contaremos com a participação inicial das professoras de Língua Portuguesa, Inglês e Informática Educativa. Os três professores de diferentes disciplinas lançarão a proposta de observação dos objetos utilizados em sala pelos alunos e que servem para construir conhecimento na sua disciplina.

Neste blog os alunos farão suas postagens livremente. Os participantes farão sua colaboração através do registro de sua observação e também da sua memória. Assim podemos compartilhar este conhecimento com os sujeitos que estão fisicamente dentro da escola (alunos e professores) com os que estão fora (pais).
Os pais poderão fazer comentários sobre os recursos de tecnologia a partir da sua memória como estudantes.
Periodicamente o professor de cada uma das disciplinas lança uma provocação a respeito daquele objeto tecnológico no contexto da sua área de conhecimento, ou mais especificamente, da sua disciplina.

Certamente os professores de História e Geografia logo, logo poderão participar ajudando a contextualizar histórica e socialmente tais objetos.
O mesmo é esperado do professor de matemática, ao indicar quais conhecimentos numéricos eram/são necessários à produção de cada um dos objetos. Muitos “problemas” matemáticos poderão ser construídos a partir dos conhecimentos registrados no blog.

À medida que professores de mais disciplinas acessem o blog, contribuam na produção e façam uso do seu conteúdo, será possível desenvolver no processo de avaliação de suas disciplinas a integração das linguagens da cada área de conhecimento com a memória registrada e significativamente representada. Não só nas respostas às provocações dos professores, feitas diretamente no blog, como na relação do seu conteúdo publicado e o conteúdo curricular desenvolvido em sala de aula.

Entenda de outro jeito:
http://www.slideshare.net/andreacastro/usando-o-blog-na-sala-de-aula-presentation

h1

Youtube, Flickr, Blog e Aula passeio.

9 setembro 2008

Junte tudo isso e seja um professor Web2.0

Sempre que conheço um novo recurso da web penso no desenvolvimento de atividades escolares. Seja com informática educativa, seja com diferentes disciplinas ou atividade interdisciplinar.

Hoje vou falar sobre o Youtube e o Flickr tentando assinalar pontos em comum que os fazem ótimos companheiros para uso pessoal e educacional.

O Youtube e o Flickr são duas ferramentas Web 2.0 que caracterizam-se pelo compartilhamento de arquivo, a categorização e a formação de redes sociais. Tanto os vídeos do YouTube quanto as fotos dos Flickr podem ser publicados em seu edublog.

No Youtube a idéia do “transmita você mesmo” é facilmente alcançável. Até um celular pode ajudar a produzir um pequeno filme que, descarregado no computador, passa ao Youtube em num rápido upload. As opções são: colocá-lo para uso privado, compartilhá-lo com um grupo de pessoas ou com o mundo. No caso do compartilhamento facilitamos seu acesso ao categorizá-lo, o que pode ser feito através das tags. Ao tornar seu vídeo público você vai se surpreender com a quantidade de acessos.

O mesmo se dá com suas fotos. O Flickr não é muito diferente do Youtube em termos de possibilidades. No Flickr podemos guardar nossas fotos em álbuns distintos, de acordo com as nossas preferências, disponibilizando-o para toda a web ou preservando nossa privacidade.

Você já pensou em disponibilizar fotos e vídeos dos passeios feitos com os alunos no Flickr ou no Youtube?

Mas não se esqueça de alguns cuidados importantes!

No caso de um passeio de estudo, como sugerido, o professor pode solicitar aos alunos que levem suas câmeras digitais e façam os registros em filme ou fotos (a turma pode ser dividida em equipes e cada uma responsável por registrar de uma forma). Os alunos decidem o que filmar e fotografar de acordo com o que julgarem mais significativo. Porém é importante orientá-los para que:

– não filmem ou fotografem os colegas individualmente, principalmente se forem menores;

– cuidem para que nas fotos em que os alunos possam aparecer elas sejam tiradas de longe, mostrando a turma em atividade.

– é aconselhável fotografar detalhes como as mãos ou os alunos de costas.

Quando a imagem de qualquer aluno for aparecer na Internet, ou mesmo na TV, é importante que os pais estejam cientes da sua publicação e que assinem uma autorização para o uso da imagem.

Depois de publicar os vídeos e a fotos podemos acrescentar um link de cada um para o blog da turma. Neste caso, para manter aceso o interesse pelo tema estudado na aula passeio o professor pode lançar questionamentos à turma sobre seus registros, e estes poderão ser respondidos através do sistema de comentários.

Experimente, seus alunos vão adorar!

 

h1

O que é o Laboratório Escola?

9 setembro 2008

Laboratório Escola é um espaço em que vamos publicar idéias.

Algumas idéias serão trasnformadas e vão amadurecer, recebendo um pouco da experiência de cada um.

Isso mesmo, experiência! Experiências! Como as que cada um de nós, e todos, fazemos em um Laboratório.

Mas porque Laboratório Escola?

Porque aqui faremos experiências de “ensino coletivo”. Um coletivo participativo, atuante, que entre uma idéia e outra produz novas experiências, feitas com a colaboração de todos.

Por isso sejam todos muito bem vindos ao Laboratório Escola.